Kongo-Central: Forças armadas angolanas atacam Lukula em busca de rebeldes da FLEC (Sociedade Civil)


O novo edifício abriga os escritórios do governador da província do Congo Central.
Rádio Okapi / Foto Guy Roger Nyampala.

A sociedade civil do território de Lukula anuncia a incursão, desde quarta-feira, 24 de abril, de mais de cem milicianos do exército angolano nesta parte do Congo-Central. Informações confirmadas por fontes de segurança na província, mas não confirmadas pelo ministro provincial do Interior.

Segundo a sociedade civil, os soldados angolanos justificam a sua incursão em território congolês para perseguir os rebeldes da Frente de Libertação de Cabinda (FLEC), que teriam a sua base traseira nesta parte do Congo Central.

Essa incursão criou pânico entre a população até quinta-feira, 25 de abril, com deslocamentos da população. Ela teme a retaliação das forças armadas angolanas (FAA), que voltaram para casa duas horas depois.

Os soldados armados angolanos entraram em território congolês através das florestas das aldeias Makanga e Kimpese, de acordo com a sociedade civil de Lukula.

Leia mais

http://news-af.op-mobile.opera.com/news/detail/53af73e3e7a260203bbb003d9a802447_cd?country=cd&language=fr&share=1

Originally posted 2019-04-26 18:02:13.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *