Comunicado do Governo de Cabinda em Exílio – Referendo

REPÚBLICA DE CABINDA
PRESIDÊNCIA DO GOVERNO
PROTECTORADO DE PORTUGAL

Comunicado do Governo de Cabinda em Exílio
Protocolo número 200701/067/GCE/RC/FLEC.

Por meio do pedido e desejo do povo Cabindês dirigido ao seu Governo de Cabinda no Exílio, o Governo e o presidente, Sua Excelência, Cmdte do exército, General António Luís Lopes, sede a preparação do Referendo no dia 01 de Fevereiro de 2021. O governo da república de Cabínda em exílio e da FLEC sempre na sua ofensiva diplomática está trabalhando neste assunto, depois de ter recebido pedido do seu Povo Cabíndês.
O referendo será realizado em Cabinda entre Cabindeses, com a presença dos observadores dos país livres democráticos e de direito.
O Governo Angolano deverá deixar o território de Cabinda antes da chegada dos Combatentes e restos dos órgãos internacionais que presenciarão o processo de construção nacional de Cabinda.

Acreditamos que em cada um de nós esteja ardendo o desejo de continuar e contribuir na melhor maneira para o renascimento de Cabinda e que levamos no sangue.
Temos a possibilidade de escolher qual lado da vida da nossa história de Cabinda.
O governo escolheu sempre o que o seu povo possa transmitir o orgulho.
Se amamos nossos filhos e Cabinda, devemos ir para a linha de frente.

Viva Cabinda livre
Viva FLEC …. Cabinda não é Angola!

 

Recebido do Governo de Cabinda em exílio